Até algum dia

|
Eu sei
Que preciso ir te ver
 Chegar à praia
Esperar anoitecer
A distancia nos coloca barreiras
Que quebramos com nossa imaginação
 PRA QUE LIMITES?
Se temos a atração
 Das loucuras que sempre tivemos
Deixamos de sonhar
Pra só lembrar

Você diz
Que fico mentindo
Fala que já te conheço
E fico fingindo
 Me chama de perigoso
Pede de presente um piano
E minha resposta sempre será
 EU TE AMO!

Te vejo em todo lugar
 Fico forçando pra enxergar
Além do que posso
E sinto suas mãos
Em meu rosto
Estendo as mãos
O máximo que consigo
E ouço sua voz
Sussurrando em meu ouvido
Deixa eu t ligar
 Escutar teu sotaque
Te ouvir cantar!!!

Você diz
Que moramos no mesmo lugar
Fala que já te conheço
PARE DE ME ENGANAR!
APAREÇA!
Mas antes que você me bloqueie
E me esqueça
São 11 dias apenas
Caminhar faz bem
É o q dizem
VEEEEM!

Vem me buscar
Assaltamos um banco
É só planejar
O clima nos acompanha
De costas para o mar
 Escutando a mesma musica
Viajamos sem sair do lugar
Fomos separados
Sentimos uma saudade forte e diferente
Que além de nós ninguém entende

Você dizia
Que às vezes não te entendia
Falava que eu complicava
Mas quando era muito claro
A gente nem percebia
NÃO SE DESPEÇA ANTES D MIM
 Diga ADEUS!
Como se fosse o ultimo dia...




 Música??? talvez... reuni varias mensagens do celular, varias conversas pelo msn, frases que fiz... e transformei nisso.

3 comentários:

Leticia disse...

Que lindo o poema,parabens !
Estou ajudando uma amiga minha com a divulgação do blog dela, ficarei grata se puder seguir e comentar !
http://gihcamp.blogspot.com/

Carla disse...

Paixão das "brabas", me parece avassalador!!!!!
muito bom.

abraços e boa sorte

seguindo



http://precisomeexpressar.blogspot.com/

Rose disse...

um piano???!!!???
heheheh
zuera primoooo
mto bom isso!!
um dia desses ve se lança um livro!
eu compro!!
bjokas

Postar um comentário