Noites que viramos esperando o sol nascer

|
Recém chegado de outra cidade, estou em casa, no meu tédio monótono, esperando que algo aconteça, quando a noite chega e junto a ela uma mensagem no meu celular com o seguinte texto: “Por onde andas?” Prontamente ligo pra ela e respondo: “Em casa”. Nem disse que viria me visitar, mas eu a conheço. É a primeira vez que vamos nos falar desde nossa ultima conversa, tento esconder meu entusiasmo, mas não consigo, sinto aquele frio na barriga e o nervosismo toma conta. Fico sentado na escada de casa, esperando...

Após uma longa espera ela aparece, me acertando dois tapas e em seguida um abraço apertado.

-Obrigado pela demonstração de carinho. Disse eu rindo, com uma cara de dor, por causa da agressão.

Ela cai em risos e pede desculpa por bater tão forte (sim, ela agrediu mesmo, tapa no rosto dói)

Ainda sorrindo, pergunto: - Como é que tas? 

E afirmo: -Não tem noção de como sinto tua falta.
 
- To bem. Respondeu ela.

- Legal saber. Respondi, mas fiquei pensando, “ela nem comentou meu comentário sobre sentir sua falta”.

Ela se senta ao meu lado na escada, a lua já esta no seu lugar, o céu limpo, mas isso não é nenhum filme romântico, portanto nenhum desses fatores influencia nas nossas reações.
Eu até gostaria de falar isso naquela hora, pelo menos iríamos dar boas risadas, invés disso, ficamos alguns minutos em silêncio, e começamos a relembrar o fizéramos alguns meses atrás.
Mas em nenhum momento veio a tona a nossa ultima conversa.
Saímos, demos uma volta, compramos umas bebidas e voltamos para a escada.
Viramos a noite ali, falando bobagens, bebendo besteiras. Eu sei que ela esta namorando outro cara, mas mesmo assim ela passou a noite comigo... ao escrever isso eu largo um leve sorriso, mas sinto uma dor no peito que me faz lacrimejar, pois percebo o quanto a “amo”, e o quanto ela me “adora”.

4 comentários:

Mateus disse...

Nesse caso, é triste a diferença desses dois verbos: amar e adorar. Uma amizade perfeita, mas só amizade. Isso dói...

BLoG do CHARQuE disse...

buáááááááH triste isso...


O melhor blog do meu .... Bairro
http://blogdocharque.blogspot.com/

Julian disse...

EUHEUHEUHUEU!!! triste é o caraio... é a vida!!! euheuheuhe

†Janaina† disse...

é a vida, mas isso desmotiva o cara as vezes..

Postar um comentário